O Jejum Intermitente traz realmente bons resultados?

beneficios do vinho para a saude
Benefícios do Vinho para a Saúde
9 de outubro de 2017
Descomplicando a Medicina Integrativa
10 de setembro de 2018

Emagrecer com saúde é algo que muitas pessoas buscam. Para isso, existem inúmeros métodos de dietas, exercícios e até terapia para se alcançar tal objetivo. Obviamente, nem todos são satisfatórios, mas será que o Jejum Intermitente é um deles?

Este assunto sempre gera polêmica, principalmente entre aqueles que desconhecem o assunto. Quando falamos em jejum intermitente, não nos referimos a ficar dias sem comer nada. São apenas alguns períodos. Então, para começar a desmistificar o assunto, vou começar contando para você que existem vários tipos de jejum. Aqui vão alguns deles:

TIPOS DE JEJUM

 

Jejum de 12 horas

Esse é o tipo mais comum, em que o paciente passa metade do dia sem comer (incluindo as oito horas recomendadas de sono). Nele é indicado que você faça três refeições ao longo do dia, ficando, por exemplo, das 20h da noite até às 8h da manhã sem se alimentar.

 

Sistema Leangains

O método foi desenvolvido pelo sueco Martin Berkhan e propõe que a pessoa fique de jejum por 16 horas, podendo fazer entre duas e três refeições nas oito horas restantes, a chamada janela de alimentação.

 

Protocolo Coma – Pare – Coma

Nesse sistema, a pessoa escolhe um ou dois dias da semana em que ficará completamente de jejum. Ou seja, nestes dias, ela fará uma refeição e depois só comerá de novo no mesmo horário no dia seguinte. Este método costuma ter uma adaptação mais difícil e é importante fazer refeições ricas em fibras antes do jejum.

COMO FUNCIONA?

 

Porque o jejum intermitente promove o emagrecimento? Primeiro porque ele promove uma restrição calórica. A pessoa tende a comer menos e o balanço energético no fim do dia fica tendendo mais a negativo, então consequentemente a pessoa perde peso. Em segundo porque ele induz a uma cetose mais rápida do corpo, ou seja, o corpo deixa de usar a glicose como combustível, como fonte de energia, e passe a usar as gorduras.

 

ADAPTAÇÃO E BENEFÍCIOS

 

Com o jejum, o paciente consegue uma perda até rápida de peso, o problema mesmo está em manter. Para isso, é necessária uma reeducação alimentar. Geralmente, este Jejum é realizado de 01 a 03 vezes durante a semana, o que pode trazer consequências benéficas para nosso organismo, tais como:
• Mais disposição;
• Clareza mental;
• Controle da glicemia e insulina;
• Maior queima de gordura;
• Diminuição do mal colesterol (LDL).

INDICAÇÃO

Eu sou a favor deste método de emagrecimento, mas a curto prazo. Entretanto, ele não é indicado para qualquer paciente. Antes de iniciar qualquer dieta, é preciso se consultar com um nutrólogo. É necessário conhecer a rotina de alimentação do paciente, os hábitos alimentares, o perfil genético, entre outros fatores. Tudo isso para analisarmos se a pessoa está preparada para passar por este procedimento. O Jejum Intermitente é algo para se preparar, se programar. Marque uma consulta e saiba mais.

O Jejum Intermitente traz realmente bons resultados?
5 (100%) 2 votes